Visit.uc.pt is the site of the day on Awwwards!
Visit.uc.pt is the site of the day on CSS Design Awards!

VISIT Universidade de Coimbra

Torre da Universidade

O relógio desempenhava um papel
fulcral no quotidiano universitário

Saber Mais

Close Flash

Torre da Universidade

Para além de marcar o tempo, o relógio transmitia a informação horária por meio
de sinais sonoros, produzidos pelos sinos que lhe estavam associados

O relógio desempenhava um papel fulcral no quotidiano universitário. Por ele se pautava todo o funcionamento da instituição.

O actual, datado de 1866-67, é o último de uma longa série de relógios. Do mesmo modo, esta torre vem substituir, em 1728, aquela que até então exercera idênticas funções.

Segundo os Estatutos velhos, o relógio da Universidade devia andar meio quarto de hora atrasado em relação ao relógio da cidade.

Dos quatro sinos que se abrigam na torre, o mais conhecido é o que ocupa a face voltada para o rio, e a que é dado desde há muito o nome de cabra.

Ainda hoje este sino se faz ouvir, ao fim da tarde, e no dia seguinte se for lectivo. Da mesma forma, a partir das sete e trinta da manhã, ouve-se de novo o seu tocar, acompanhado agora por outro sino. A este, por ter maiores dimensões e um som mais grave, a gíria estudantil dá-lhe um nome idêntico a cabra, mas em grau aumentativo.

Hoje como no passado, os sinos também convocam a comunidade académica para os actos solenes realizados na Sala Grande, do mesmo modo que dobram em tom fúnebre pela morte de um professor.

A Torre pode ser visitada, mediante a aquisição de um bilhete de ingresso próprio e sempre por um número restrito de pessoas. Ainda que não ultrapasse os 34 metros de altura, um «panorama surpreendente» pode ser desfrutado por aqueles que se dispõem a vencer os 180 degraus do edifício.

A visita é desaconselhada a pessoas com problemas cardio-respiratórios, ou que sofram de claustrofobia ou vertigens.

Ficha Técnica

Gestão de Projeto

InterFranchising

Design & Development

Bürocratik

Conteúdos Multimédia

Ez-Team

Fonte

Adaptado de:

de Faria Costa, J. F., & da Cruz Coelho, M. H. (2009).
A Universidade de Coimbra Tangivel e Intangivel.
Imprensa da Universidade de Coimbra.

Maia do Amaral, A. E. (2009).
Tesouros da Biblioteca Geral da Universidade de Coimbra.
Imprensa da Universidade de Coimbra.

Pimentel, A. F., & Agostinho, R. (2006).
A Universidade de Coimbra: Uma visita a partir Páteo.
GCI-UC.

Torgal, L. R. (2003).
A Universidade de Coimbra.
Imprensa da Universidade de Coimbra.